PEC 241/PEC 55: QUEM VAI PAGAR A CONTA? EPISÓDIO 1: SALÁRIO MÍNIMO

Uma das consequências da proposta é o fim da política de valorização do salário mínimo. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, se a PEC estivesse em vigor desde 1998, o salário mínimo seria de R$400, ou seja, menos da metade do atual valor de R$880. Este cenário também afeta categorias com remunerações calculadas pelo salário mínimo como engenheiros, arquitetos, médicos veterinários, agrônomos e químicos. Mobilize-se! Diga não à PEC 55.

Fonte: www.fisenge.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s