BRASÍLIA PINTADA DE VERMELHO – 30 ANOS MST

No dia 12 de fevereiro, mais de 15 mil militantes do MST saíram em marcha ocupando as ruas de Brasília exigindo Reforma Agrária. A polícia reprimiu violentamente o ato.

IMG_4566 - CópiaA truculência da Polícia Militar do Distrito Federal, que feriu três militantes do MST e deteve outro, não conseguiu ofuscar a beleza da grande marcha realizada em Brasília pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra nesta quarta-feira, 12 de fevereiro. Mais de 15 mil militantes e apoiadores do movimento caminharam pelas ruas da capital federal para chamar a atenção da sociedade brasileira para a necessidade de uma Reforma Agrária de caráter popular, construída por meio de uma aliança entre os diversos setores da classe trabalhadora do Brasil.

 A marcha, que marcou as atividades de 30 anos de fundação do movimento, partiu do ginásio Nilson Nelson, onde é realizado o 6º Congresso Nacional do MST,  percorreu cerca de 5 quilômetros até o Palácio do Planalto.

 Antes de chegar à Praça dos Três Poderes, a manifestação passou pelo setor das embaixadas, quando as palavras de ordem se concentraram em condenar a intervenção imperialista nos países da América Latina. “Se cuida, se cuida, se cuida imperialista, a América Latina vai ser toda socialista”, gritavam os milhares de manifestantes que coloriram as ruas de Brasília de vermelho.

 A proposta de uma Reforma Agrária popular é o eixo central dos debates do Congresso, que condena o agronegócio e propõe um novo modelo de produção agroalimentar baseado no cuidado com o meio ambiente e na produção de alimentos saudáveis, livres de agrotóxicos.

Texto: Leonardo Fernandes
Foto: Camila Rodrigues da Silva
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s