“NÃO VAI TER COPA!”

Flamengo e Duque de Caxias jogavam em um Maracaña privatizado. Enquanto isso, manifestantes ocupavam a orla de Copacabana para denunciar as arbitrariedades da Copa do Mundo.

Texto e fotos: Coletivo Mémoria Latina 

Para muita gente, o ano nem começou no Brasil (falta mais de um mês para o carnaval). Mas a onda de protestos contra a realização da Copa do Mundo já chega às ruas de várias cidades do Brasil. No Rio de Janeiro, uma marcha que saiu do hotel Copacabana Palace seguiu até o Shopping Leblon (o mesmo que na semana passada fechou as portas para evitar “maiores problemas” com o Rolezinho). Cartazes, gritos, músicas e rostos resgataram a indignação nascida durante os protestos do ano passado. “A polícia mata”, “Cadê Amarildo”, “A Globo Mente”, “Copa pra quem?”. Desta vez, o ato não levou 1 milhão de cariocas às ruas. Mas essas vozes, certamente, desviaram o olhar romântico dos turistas que tomavam caipirinha esperando o pôr do sol da cidade maravilhosa.

“Os moradores da favela precisam de direitos básicos, do lixo até um saneamento básico decente, de luz, uma casa decente. Nem isso eles nos dão. Só entram para matar. Eu tô aqui representando uma favela, da Maré, o Parque União, a minha família, a minha vó que precisa disso. Ela não pode estar aqui, mas eu tô aqui por ela.” Mayara Donaira

“Existem várias famílias, várias comunidades sendo removidas, sendo retiradas, famílias vivendo nas ruas. Então é isso que nos mantém alertas, a especulação imobiliária, a especulação está reinando no nosso país, aqui tá o metro quadrado mais caro do mundo, entendeu? Os aluguéis são altíssimos e as pessoas não têm como pagar, como viver.  Matilde Guilhermina

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s