MÉXICO – A DITADURA PERFEITA

Comunidade mexicana no Rio de Janeiro se soma ao movimento “Yo soy 132”, que denuncia fraude nas eleições que levou o candidato do PRI, Enrique Peña Nieto à presidência.

01 de julho de 2012. Após uma série de manobras golpistas capitaneadas pela classe dominante no México, o país tomou um rumo que ameaça a democracia e a soberania do povo mexicano. Enrique Peña Nieto, candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI), foi eleito após uma fraude nas eleições presidenciais, amplamente influenciada pela manipulação midiática dos meios de comunicação hegemônicos do país.

Além das denuncias de fraude nas cédulas de votação, da compra de votos, o monopólio midiático influenciou diretamente no resultado do pleito. Mesmo diante das denuncias, o Tribunal Eleitoral mexicano validou a eleição. Diante da submissão da Justiça em fiscalizar as irregularidades denunciadas e, após isso, de ser conivente com a fraude, os cidadãos mexicanos deram início ao movimento de contestação a validade do pleito.

Intitulado “Yo soy 132”, o movimento que reúne representantes da sociedade civil mexicana tem ido às ruas para chamar atenção do escândalo da manipulação das eleições. A TV Memória Latina entrevistou representantes da comunidade mexicana no Rio de Janeiro,que  se soma ao movimento em resistência à corrupção no país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s