MOBILIZAÇÃO EXIGE O FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A INFÂNCIA MAPUCHE

No Chile, manifestantes se reúnem na porta da Unicef para exigir a retirada das forças militares de territórios indígenas e o fim da violência contra as crianças Mapuches.

A realidade do povo Mapuche no Chile vive uma complexa situação. Eles vem sofrendo uma constantemente repressão por parte dos últimos governos do país. A utilização da polêmica Lei Antiterrorista criada durante a ditadura de Augusto Pinochet, tem sido aplicada de forma abusiva à lideranças do povo Mapuche, além da militarização dos territorios indígenas por parte das forças repressivas do Governo, o que tem provocado uma forte reação à nivel nacional e internacional.

Dentro deste contexto de repressão, as crianças Mapuche também estão sendo vítimas dos brutais ataques da polícia chilena. Há mais de 15 dias, um grupo de mulheres ocupa as dependências da sede da UNICEF em Santiago para denunciar a violência contra as crianças Mapuche e para exigir que o presidente Sebastián Piñera e o ministro do Interior, Rodrigo Hinspeter, a retirada imediata das forças militares da região de Araucanía, ao sul do Chile.

No dia 6 de agosto, data que se celebra o Dia das Crianças no país, uma grande manifestação foi realizada em frente à UNICEF para apoiar a infância Mapuche e exigir a desmilitarização dos territórios Mapuche.

MOVILIZACIÓN EXIGIÓ EL FIN DE LA VIOLENCIA CONTRA LA INFANCIA MAPUCHE

O chargista Carlos Latuff ilustra bem o drama vivido no país andino.

Manifestación afuera de la UNICEF en Santiago exigió la retirada inmediata de las fuerzas militares de los territorios indígenas y el fin a la violencia contra los niños mapuche.

La realidad del pueblo mapuche en Chile vive una compleja situación. El pueblo mapuche ha vivido una  constante represión por parte de los úlitmos gobiernos del país. La utilización de la polémica Ley Antiterrorista creada durante la dictadura de Augusto Pinochet, ha sido aplicada de forma abusiva a dirigentes mapuche, se suma a eso la militarización del territorio indígena por parte de las fuerzas represivas del Estado, lo que ha provocado un fuerte rechazo tanto a nivel nacional como internacional.

En ese contexto de represión los niños mapuche también han sido victimas de brutales ataques por parte de la policía chilena. Es por eso que un grupo de mujeres mapuche hace más de 15 días se tomaron las dependencias de la UNICEF en Santiago para denunciar la violencia contra los niños mapuche, exigiendo al presidente Sebastián Piñera y al ministro del interior, Rodrigo Hinspeter, la retirada inmediata de las fuerzas militares de la Región de la Araucanía.

El pasado 6 de agosto día de lo niños en Chile, se realizó una manifestación afuera de la UNICEF en Santiago como forma de apoyar a la infancia mapuche y exigir la desmilitarización de los territorios mapuche.

Video publicado por:

Ciudadinvisible.cl

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s